domingo, 24 de maio de 2015

Algo sobre o Brulhão


O Brulhão, é a par do seu irmão maranho, especialidade típica da Beira Interior, é raramente encontrado à venda, uma vez que a produção caseira e familiar rapidamente se esgota. A receita é passada de mãe para filha (embora também existam casos de pais e filhos) e é tradicionalmente servida no inicio do Verão por altura do Santo António.
Há mesmo quem confunda o Brulhão com o Maranho, parecem iguais mas na sua confeção existem algumas diferenças
Enquanto no Brulhão se lava  bem o bucho da cabra e recorta-se em pequenos sacos. Num alguidar junta-se pedaços de carne de porco, arroz, chouriço e tomatada. Tempera-se com alho, cebola, louro, vinho branco, colorau e, principalmente, serpão, uma variedade de tomilho endógena da Beira Interior que lhe confere um gosto único. Enche-se os sacos e leva-se a cozer durante uma hora. Corta-se em fatias grossas e serve-se.

O Maranho é produzido com os mais variados produtos dos quais destacam-se:

 Carne de Cabra ou Borrego em vez de carne de porco
 Presunto de Porco e Toucinho
 Hortelã   em vez do Serpão ou tomilho
 Azeite, Arroz e Alho
Na Beira Baixa onde esta iguaria é saboreada por muitas familias especialmente em dias de festa tem uma maior produção na zona mais a norte  enquanto o maranho se confeciona  em maior quantidade na parte sul Como por exemplo na Sertã, Oleiros ou Proença a Nova
O Burlhão é uma iguaria que qualquer dona de casa nas aldeias do concelho do Fundão e  da Covilhã sabem confecionar com muita mestria.
Por exemplo em Vales do Rio uma aldeia do concelho da Covilhã ali mesmo na margem do rio Zezere, o Brulhão é Rei.
Já há alguns anos as gentes da aldeia apostam na sua promoção Normalmente por esta altura do ano realiza se nesta localidade o  FestiVales, um fim-de-semana gastronómico dedicado ao Brulhão que também inclui animação de rua, jogos tradicionais e muita folia. A organização estima servir mais de 1500 quilos de Brulhão por estes dias.
Bogas de Baixo fica portanto na divisão das zonas do maranho e do Burlhão  Pois os  seus vizinhos a Sul são  as localidades de Oleiros, Proença a Nova e Sertã e na parte norte aldeias como Janeiro de Cima, Silvares e todo o concelho da Covilhã com o epicentro em Vales do Rio, onde a confeção e consumo do Brulhão é uma realidade.
Como deu para ver  a diferença entre o Brulhão e o Maranho é minima mas no seu paladar é mesmo muito diferente.
Na Beira Interior por altura das suas festas não naverá aldeia onde estes dois manjares não se vejam em cima das mesas

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Comam cerejas e se forem do Fundão, tanto melhor

nas minhas pesquisas sobre as qualidades desta deliciosa fruta da minha terra, vim encontrar numa página "forma saudável.com.br" informações muito uteis sobre os beneficios para o nosso corpo ao comermos cereja
É um texto de Rodrigo Fragoso postado em 2013
      8 BENIFICIOS DA CEREJA NA NOSSA SAÚDE
A cereja é um dos frutos com menos calorias, no entanto, é uma fonte rica de nutrientes, vitaminas e minerais. Doces com cereja, são embalados com saúde beneficiando compostos que são essenciais para o bem estar.

A cereja é um fruto rico em pigmentos. Estes pigmentos, na verdade, são compostos polifenólicos flavonoides conhecidos como antocianinas glicosídeos. As antocianinas são pigmentos vermelhos, roxo ou azul encontradas em muitas frutas e vegetais, especialmente concentradas em sua pele, conhecida por ter poderosas propriedades antioxidantes.
Estudos científicos têm mostrado que as antocianinas em cerejas são encontrados para atuar como agentes anti-inflamatórios, bloqueando as ações de ciclooxigenase-1, e duas enzimas. Assim, o consumo de cereja tem efeitos potenciais para a saúde contra as doenças crônicas episódios dolorosos como a gota artrite, fibromialgia – condição muscular dolorosa, e lesões esportivas.
Estudos de pesquisa também sugerem que os compostos antioxidantes em cerejas ajudam o corpo humano a lutar contra o câncer, envelhecimento e doenças neurológicas e diabetes pré-condição.
A fruta cereja é rica em melatonina antioxidante estável. A melatonina pode atravessar a barreira hemato-encefálica facilmente e produz efeitos calmantes sobre os neurônios do cérebro, acalmando irritabilidade do sistema nervoso, o que ajuda a aliviar a insônia neurose e dores de cabeça.
Além disso, eles são também boa fonte de minerais, tais como potássio, ferro, zinco, cobre e manganês. O potássio é um mineral saudável para o coração, um componente importante de fluidos celulares e do corpo que regula a frequência cardíaca e a pressão arterial.
Cereja é excepcionalmente rica em flavonoides, promovendo saúde com fenólicos poli anti-oxidantes, como a luteína, zea-xanthin e betacaroteno.  Estes compostos atuam como catadores de proteção contra os radicais livres e espécies reativas de oxigênio – ROS, que desempenham um papel no envelhecimento, câncer e processos de várias doenças.
Anti-inflamatória propriedade da cereja foi encontrada uma eficaz redução de fatores de risco de doenças cardíacas e pela limpeza da ação contra os radicais livres.





sexta-feira, 8 de maio de 2015

As cerejas do Fundão

A cidade do Fundão é já conhecida mundialmente pela qualidade das cerejas da Serra da Gardunha, embora desde há varios anos a esta parte toda a região da Cova da Beira tenha entrado na corrida com a plantação de vários pomares de cerejeiras que se estendem pelas freguesias do Ferro , Peraboa , Tortozendo, Covilhã etc etc

A Beira Baixa abastece o País e ainda exporta para muitas outras partes do mundo!!!


Um pouco por toda a região as cerejas são produzidas em maior ou menos escala.
Em muitos locais da Serra da Gardunha onde antes só havia pinhal, mato e silvados, as cerejeiras multiplicam se em centenas de hectares
Nas suas encostas entre a Enxabarda e o Açor, a produção desta deliciosa de fruta tem vindo a crescer considerávelmente pela atração de novos produtores atraidos por um negócio que é dos mais importantes na economia regional.

O Fundão está a mudar de cor, passando do verde ao verde tinto. pois as cerejeiras começam a misturar as lindas e gostosas cerejas vermelhas com o verde das suas folhas,.
Para além de ser lindo para a vista é sobretudo muito gostoso para come las directamente da arvore

Segundo noticias que teem vindo a lume através da comunicação social sobretudo das Beiras e muito especialmente pelo Jornal do Fundão, as primeiras cerejas já estão nas bancas de alguns supermecados e lojas. 
A campanha da cereja arrancou e segundo os responsaveis pela produção deste gostoso fruto, estima se que venham a ser comercializadas mais de 6.000 toneladas.
Embora as chuvas que cairam no mês de Abril não tenham ajudado o que se pensa mesmo é que vamos ter um ano de muita fruta e com extraordinária qualidade.
Aquela que porventura ficou afetada pela chuva na sua maior parte será escoada para a industria, já que como todos nós sabemos  hoje a cereja tem vários produtos que são já muito comercializados como é o caso dos pasteis de cereja

as compotas e doces feitos á base deste delicioso fruto

E até o Chá preto de Cereja é uma realidade, bem como as diversas iguarias na área do chocolate que teem como sabor  extra a cereja
A Cerfundão empresa que mais cereja comercializa na área do Fundão, só no primeiro dia recebeu quase uma tonelada de cereja

Mas também a Quinta do Limite em Peraboa na zona da Covilhã tem dado cartas na produção e comercialização de cereja
Tem até realizado varios programas para a divulgação e ao mesmo tempo dar a oportunidade a quem queira ter o prazer de colher e provar este delicioso fruto na sua própria arvore

Um pouco mais adiante na localidade do Ferro,as festas que se teem realizado sobre a cereja foram e  irão continuar a ser uma realidade sempre com enorme afluencia de publico vindo das mais diversas regiões do País.

 A cereja é um dos frutos com menos calorias, no entanto, é uma fonte rica de nutrientes, vitaminas e minerais. Doces com cereja, são embalados com saúde beneficiando compostos que são essenciais para o bem estar.


Colher cerejas é saudável
duas amigas nesta bela tarefa de colhe las nas encostas da Gardunha

PÉS DE CEREJA
pode fazer, chá para combater a celulite
A celulite é algo que pode ser combatido, simplesmente através da nossa alimentação, mas tisanas, banhos e cataplasma podem lhe dar um reforço adicional.
Pés de cereja, como também é diurético, é um dos mais recomendados, se para além da celulite também quiser perder um “pneuzinho”… O fruto ( a cereja), pode usa-lo numa salada para “disfarçar” o gosto da cebola ou em sumo

É tudo por hoje mas voltaremos seguramente a  este tema já que durante mais de dois meses vamos ter a oportunidade de saborear o fruto e escrever ou falar sobre ele

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Convivio de Ex presidentes de Junta do concelho do Fundão

Bogas de Baixo foi a aldeia escolhida por  ex autarcas do nosso concelho para aqui passarem um belo dia repleto de emoções boa camaradagem num almoço convivio servido pela Associação Recreativa de Bogas de  Baixo.
E para que todos os Boguenses possam ter conhecimento deste evento aqui fica o essencial do que se passou neste Domingo dia 26 de Abril com a  ajuda preciosa do Ex Presidente da Junta de Lavacolhos  Sr Joaquim Mateus, autor de todas as imagens publicadas para além da sua opinião sobre vários aspetos da nossa terra
e perguntei lhe logo para iniciar,
o que achava das obras feitas em Bogas para além da sua opinião se a aldeia devia ter ficado como Sede de Freguesia ou se está bem agregada a Janeiro de Cima
e logo me respondeu: Eu quanto a mim e na opinião de todos os colegas deveria ficar como Freguesia, a superfície é muito grande e os habitantes de um momento para o outro podem ir regressando. Claro que também tinha uma anexas, não é verdade?

Tinha 3 anexas  O Urjeiro aldeia onde nasceu  o vosso anfitrião Manuel Joaquim Neves dos Santos
e  ainsa o Maxial e a Ladeira



Quando chegámos   e á saída do autocarro o Sr.Manuel Joaquim das Neves dava-nos as boas vindas
Sendo oriundo do Urjeiro casou com uma filha cá da terra  e tem sido toda a vida um lutador pelo progresso da freguesia e tal como eu foi um dos que mais sentiu  a revolta por ter mos sido agregados a Janeiro de Cima  sem dó nem piedade



O Sr José Luis Castanheira no momento em que discursava para os ex colegas Não sei que tipo de discurso proferiu mas tudo indicava que estavam satisfeitissimos com Bogas de Baixo e as suas gentes.
Todos foram unanimes em considerar  Bogas uma aldeia moderna e com todas as condições para ser sede de Freguesia com os seus 31 Kms quadrados de área



Olhando para esta soberba imagem, Só a dimensão da casa da Junta de Freguesia de Bogas de Baixo, dá-nos a ideia da grandeza desta Freguesia com 31 Km quadrados.

Aqui podemos comprovar asa condições ótimas deste Polidesportivo onde se têm feito bons atletas para a pratica desportiva. e vendo lá em cima as instalações onde foi servido o repasto

O autarca mais antigo acompanhado pelo autarca Abílio Pacheco e pelo Moisés pousou para a nossa reportagem.


Percorrendo as ruas de Bogas de Baixo. que estão muito bem preparadas e limpas. todos foram unanimes em afirmar que Bogas de Baixo tem todas as condições para ser sede de Freguesia

O Ex Autarca Sr. António sentiu saudades e teve de percorrer esta bonita rua de Bogas de Baixo.

Aos poucos iam chegando ao ponto de encontro que era a Associação Recreativa, onde nos serviram os aperitivos que estavam deliciosos e o almoço de cofraternização.

Momento de começar a preparar o estomago para o repasto que se avizinhava, saboreando os aperitivos  njunto do gradeamento do parque desportivo


Pelo desembaraço que podemos ver  nesta imagem parece  que O Sr.. Paulo vem avisar que o almoço vai ser servido...

O Sr. Moisés é mais para os amendoins... Pudera!...

Depois de ter atacado nos docinhos...



E lá vamos nós para o almoço confecionado pela Associação Recreativa.



pelo que  a mim me dá a  entender o repasto foi ótimo e a confraternização um momento alto deste evento
Da vida da nossa aldeia fizeram parte  alguns bons Presidentes que infelizmente já não podem estar presentes porque já deixaram o mundo dos vivos. estou a lembrar me por exemplo do Tadeu, o Alberto Belchior e o António Roque que teriam um lugar de destaque neste convivio Estou por exemplo a lembrar me do ultimo Presidente eleito O António Roque que embora alguns não gostassem dele (poucos) foi um dos principais obreiros para tornar Bogas de Baixo uma aldeia moderna com todas  as infraestruturas para o bem estar dos habitantes e  visitantes



Conheço muita gente desta que aqui vemos e até fiz parte da Assembleia Municipal do Fundão quando eles eram Presidentes de Junta

Estou a lembrar me aqui do amigo Roxo de Alpedrinha, o amigo Luis Castanheira  do Souto da Casa
O amigo José Belchior do Fundão, Luis Cerdeira dos Tres Povos, Vejo ainda o amigo José Correia



que em 2009 quando foi sondado sobre a sua recandidatura afirmou que estava cansado e não se recandidatava  . Na altura avançou com uma lista , tornada pública, de Malícia Trindade, que era na altura secretário , à presidência da junta, José Correia afirmou que “ se vencer as eleições a junta fica bem entregue dado que é um homem honesto, sério e trabalhador”



Resta me acrescentar para terminar esta postagem que o Manuel Santos  aqui na foto energicamente dizendo que sempre esteve, está e  estará contra a anexação desta aldeia á freguesia de Janeiro de Cima.
Sempre tive e tenho por este homem  um grande apreço não só como amigo mas tambem pela forma como tem lutado pelo bem estar da população da nossa terra.
Foi de certeza o melhor anfitrião que estes nossos amigos podiam ter para esta visita convivio á aldeia mais bela do Planeta   BOGAS DE BAIXO