terça-feira, 30 de novembro de 2010

Uma visita ao Descoberto

Hoje o Ecos da minha aldeia veio até á localidade do Descoberto. Uma aldeia situada nas faldas da Gardunha anexa da Freguesia de Bogas de Cima.
Para os filhos do Descoberto este pequeno album que partilho convosco serve de alento e ao mesmo tempo recordar o berço
Para os que conhecem o Descoberto serve tambem para recordar esta bela aldeia
Por ultimo para os que não conhecem o Descoberto é uma boa forma de ficarema conhecer mais um pouquinho do nosso Portugal e da região da Serra da Gardunha

Na minha aldeia Bogas de Baixo neste tempo invernoso costumam dizer : chove no Descoberto cresce a ribeira de Bogas











segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Janeiro de Cima aqui tão perto!!

Aproveitem uma viagem de fim de semana á Cova da Beira e visitem uma das mais belas e tradicionais terras de Xisto de Portugal.
Janeiro de Cima situa se aqui ao lado de Bogas na margem do Rio Zêzere.
Sentirão concerteza um enorme prazer de conviver com gente, hospitaleira afectuosa e laboriosa, com muitas coisas tradicionais para vos mostrar





Não se preocupem com a alimentação, pois nesta aldeia podem desfrutar de uma optima refeição com pratos regionais e muito bem servidos no Restaurante o FIADO



sábado, 27 de novembro de 2010

imagens da nossa terra

Assíduamente procurarei publicar nesta página, imagens interessantes da nossa terra e de outras aldeias da nossa região
nestas duas imagens estamos a ver uma das pitorescas ruas de Bogas de Baixo, a rua da Igreja onde se situa a casa brasonada da nossa aldeia



quarta-feira, 24 de novembro de 2010

João Neves festeja 100 anos

Natural de Bogas de Baixo,
o Sr João Dias das Neves que reside com a sua familia há longos anos em Castelo Branco, festeja hoje o seu aniversário com a bonita soma de 100 anos
Bogas de Baixo deve concerteza juntar se a esta homenagem, pois este será porventura um evento raro na nossa terra e João Dias das Neves muito contribuiu para que Bogas de Baixo fosse reconhecida como uma terra de gente boa e laboriosa.

O nosso conterraneo e aniversariante, dirigiu com elevação durante alguns anos a nossa Banda Filarmónica que levou o nome de Bogas de Baixo a toda a região onde fez grandes actuações.
Tambem o conheci como uma espécie de médico sem canudo, pois lá na nossa aldeia, sempre ajudou dando injecções e os seus conselhos medicinais, sendo sempre ouvido e " consultado" em várias situações.
O nosso querido aniversariante,Acrescento é filho de João Francisco e Maria Josefa, sendo o segundo mais velho de cinco irmãos: Manuel Francisco, Maria Amélia, Isaura, Joaquim Francisco e Preciosa. (todos falecidos)


Actualmente segundo o que sei, encontra-se, apesar da sua provecta idade, muito lúcido e autónomo.
Eu pessaolmente e Ecos da minha aldeia, expressamos aqui publicamente os votos de um feliz aniversário e acontinuação de uma vida cheia de riquezas ao lado da esposa e filha para alem de outros familiares e amigos

PARABÉNS

Conto poder aceder a algumas imagens deste evento que mais tarde incluirei aqui na pagina


_____
O prometido é devido e sendo assim vou partilhar algumas imagens da comemoração dos 100 anos do aniversariante

esta primeira imagem é do bolo de aniversário

nesta segunda imagem, o aniversariante que apagou as velas só com um sopro já que ele ainda tem follego para assoprar o baritono e isso não lhe deve ter custado nada


a Terceira foto, uma surpresa, o Sr João está alegre por estar ladeado pelos seus sobrinhos Antonio Santos e Herculano Santos, que se deslocaram expressamente de França para darem pessoalmente os parabéns ao tio

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

As obras já mexem (I)

Bogas de Baixo, continua a primar por se aproximar ás aldeias mais desenvolvidas.

A Comissão para o desenvolvimento do Centro de Dia, concerteza, com a colaboração da Junta de Freguesia, iniciaram embora pecando um pouco pela demora, as obras para a
Ampliação do Centro de Dia, passando a Lar para a 3ª Idade, com a construção de uma dezena de quartos, o que benificiará muito a nossa população, que na nossa terra tem uma enorme precentagem de residentes idosos.

De passagem pelo Maxial
Verifiquei que tambem aqui nesta anexa da nossa Freguesia, a evolução para o bem estar da população, continua com a construção de WCs publicos passando assim muito especialmente em passagens de datas comemorativas quando a povoação recebe mais visitantes, a usufruir de mais esta regalia
Verifico tambem que não estará nos horizontes das gentes do Maxial contribuir para a sua desertificação, já que obras como esta são disso a prova real
Mais uma moradia está a ser aqui construida

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

As Obras já mexem


Na ultima deslocação á minha aldeia já se respirava um ar natalicio, sinal que o frio já se está a instalar

Na freguesia de Bogas de Baixo, e como é habitual nesta região, festejam-se, de forma particularmente intensa, o Natal e a Páscoa. Destaca-se, igualmente, aquela a que é comum chamar Festa de Verão, celebrada em honra de Nossa Senhora das Dores, no normalmente n o segundo fim-de-semana de Agosto.

Bogas de Baixo e as restantes anexas, nos últimos anos, tem sofrido alterações significativas tais como:


Transformação da antiga escola num espaço comunitário, Centro de Dia para os idosos com salão onde se servem refeições aos utentes e as transportam ainda a todos os idosos da Freguesia que para isso se tenham inscrito .

Este mesmo edificio foi mais tarde designado para ali se construir o Lar para a
terceira idade.
As coisas parece me que não correram muito bem no principio, mas eis que nesta deslocação á aldeia vejo com regozijo as obras a serem feitas


Ruas mais largas, amplas e limpas.
Caminhos rurais para algumas prpriedades mais largos e transitáveis.

Saneamento na freguesia.
Intervenção de fundo no largo do relveiro, no adro e zona envolvente à igreja.
com a construção de uma bela capela mortuaria no local do antigo cemitério
Reforço da electrificação abrangendo todas as ruas.


Foi reconstruída uma antiga Garagem de autocarros com o intuito de ali se instalar a Junta de Freguesia.
Aqui estão instalados todos os serviços inerentes ás funções da Assembelia de Freguesia e tem ainda um infantario, tendo sido construido no local um espaço de lazer para as crianças brincarem




Para gaudio das nossas gentes e muito especialmente os emigrantes que aproveitam normalmente os meses do verão para se deslocarem á aldeia, foi construida uma optima piscina que como podemos verificar na imagem está já muito concorrida

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Serões ao calor da lareira


Este fim de semana deu me uma enorme vontade de ir até á minha aldeia.
Acabei por decidir ir mesmo e parti de Faro rumo a Castelo branco. fui fazer uma visita ao cemitério onde repousam os restos mortais de meus pais e de seguida fui até Bogas.

Visitei o Centro social para conversar um pouco com os idosos que frequentam aquele espaço, depois passei pelo Alfredo no café Ponto de Encontro, visitei meus tios e parti em direção a Bogas de Cima, onde ás 18 horas havia a celebração de um acto religioso presidiso pelo padre Gilberto, em memória de alguem da Malhada Velha.
Assisti a missa tinha encontro marcado com amigos e partimos rumo á Malhada Velha onde permaneci durante todo o fim de semana
Nesta imagem que vos ofereço estão alguns dos meus melhores amigos, ao calor da lareira e à volta de uma mesa de jantar no ultimo domingo, onde passámos horas em conversas demoradas, sem tempo nem fim.


Um fim de semana assim passado na Malhada Velha nas encostas da Serra da Gardunha dá nos muito alento e é um optimo´motivo para começar mais uma semana em forma. Deixo aqui algumas imagens deste local fantastico, um lugar muito bonito e acolhedor do concelho do Fundão, na freguesia de Bogas de Cima.




Não me lembro já se a porta deste meu amigo tem numero,só sei é que tem um espaço enorme onde a gente se sente como em nossa Casa.
É um espaço lindo de onde não apetece sair. Estive lá no fim de semana passado e espero voltar.
obrigado amigos
Esperamos a vossa visita